?

Log in

cianureto [entries|archive|friends|userinfo]
I´m a Party Queen

[ website | cianureto ]
[ userinfo | livejournal userinfo ]
[ archive | journal archive ]

(no subject) [Jun. 22nd, 2008|03:28 pm]
I´m a Party Queen
ops. tô usando isso igual o twitter.
é que estou com vergonha, por que só eu estou postando lá.
LinkLeave a comment

(no subject) [Jun. 20th, 2008|08:53 am]
I´m a Party Queen
Nossa, esses dias tá foda.
Tô pensando TODO dia em largar o emprego.
Não tá dando, tá uma cobrança desgraçada e tipo, nem é isso que eu quero da minha vida e ainda vão me cobrar alguma coisa?
Agora ontem, no meio dessa correria toda, acho que deixei algo importante em cima da mesa e não me lembro de ter visto mais. Não consegui dormir pensando nisso e estou até agora pensando nisso, e tipo, não é isso que eu quero pra mim, ficar pensando em coisas de trabalho quando você NÃO está trabalhando, e tipo, nem é seu e você nem quer trabalhar.

É o que eu digo pros meus amigos, se eu não sair agora, que têm o ex, a cobrança toda, que eu tenho só 24 anos, não sei quando saio. Não saio mais né.
Link2 comments|Leave a comment

(no subject) [Jun. 15th, 2008|12:02 pm]
I´m a Party Queen

M: Eu só consigo pensar na língua dele. Na língua dele na minha boca.
Dr: Você pensa em beijar Derek?
M: Isso. E isso me atrapalha. Eu preciso pensar em alguma outra coisa. Perdemos 4 pacientes na semana passada, na triagem. Eu quero muito salvar um. Preciso bloquear esses pensamentos.
Dr: Pense na realidade. A realidade é algo poderoso.



Droga de Gray's Anatomy.
Droga.
LinkLeave a comment

(no subject) [Jun. 9th, 2008|08:48 pm]
I´m a Party Queen
Se eu conseguisse montar meu calendário, seria assim:
SEGUNDA: pós
TERÇA: curso de moda + inglês ou francês (inglês as 6, curso ás sete)
QUARTA: pós
QUINTA: curso de moda + inglês ou francês (inglês as 6, curso ás sete)
SEXTA: inglês ou francês (2h)


vamos ver. até que está ajeitadinho.
LinkLeave a comment

(no subject) [Jun. 8th, 2008|09:48 pm]
I´m a Party Queen
Hoje o dia foi BEM produtivo mesmo.
Tédio criativo, o que é bom. Além de uma conta no twidder (caraleos, não aprendo a escrever isso, tá parecendo o flickr que eu escrevia flicker ou sei lá. com o tempo eu aprendo que é twitter), uma conta num sitezinho pra fazer fitas fofas (pra eu colocar no meu blog, que pra quem não conhece chama Hype Hype Hype, ou apelidado por mim de Hype³), e o site do davidcook.com.br, ainda aprendi a mexer no programinha que grava sua tela e fiz um vídeo, que já joguei no youtube.



Ócio bemmm produtivo.
LinkLeave a comment

(no subject) [Jun. 8th, 2008|04:48 pm]
I´m a Party Queen
é TWITTER e agora eu tenho um. /amandamxx.
Se alguém tiver também, adiciona ou avisa!
Link2 comments|Leave a comment

(no subject) [Jun. 8th, 2008|04:34 pm]
I´m a Party Queen
Comi demais.
Preciso de um twidder, ou sei lá como se escreve. Vou fazer um.
Tchau.
LinkLeave a comment

(no subject) [Jun. 8th, 2008|01:34 pm]
I´m a Party Queen
sempre que eu fico perdida no mundo eu me agarro ao "moderno" como se fosse meu amante.
fico pensando, tentando criar, ocupando minha cabeça com um mundo que não existe para não pensar no que está aqui e eu tenho que enfrentar.
coisa de gente que cria.
é a melhor hora para se criar: quando como pessoas, estamos no nosso pior momento.
LinkLeave a comment

(no subject) [Jun. 8th, 2008|01:06 pm]
I´m a Party Queen
puxa meu, eu sou tão legal.
não sei como ninguém ainda descobriu. bah.
vou ser a namorada mais foda do planeta ok?
LinkLeave a comment

(no subject) [May. 28th, 2008|09:36 pm]
I´m a Party Queen
"Então ele parou a minha frente. Lá estava ele, no fim de tudo, e de repente me dei conta que não era bem assim que eu queria. Passei tanto tempo desejando aquilo, mas não era aquilo. Não era mais ele, ele já tinha se tornado outra pessoa, uma pessoa que eu não conhecia, pela qual eu não havia me apaixonado. Eu apenas o olhava e não conseguia ver o homem que um dia estava ao meu lado, pelo qual eu era louca pelo cheiro, pelo toque. Aquele ali, parado á minha frente era apenas um substituto, uma pessoa qualquer, pela qual eu nada mais sentia.
E então ele ficou ali, á alguns metros de mim, me olhando nos olhos, sem dizer nada, apenas parado. E eu também fiquei apenas parada, pensando sobre o homem que eu amava.
E foi assim que comecei a chorar.
Não por aquele que estava parado á minha frente, mas por aquele que um dia existiu dentro do corpo á minha frente, dentro do corpo que nada mais eu conhecia. Chorei por tudo aquilo ter morrido, e por estar me dando conta naquele exato momento, onde não havia mais para onde ir, só ir embora.
Não me incomodei em enxugar meu rosto. Deixei as lágrimas cairem, deixei ele me ver chorar, sem querer me defender ou disfarçar. Deixei ele ver minha dor, e saber que ele nada podia fazer, por que ela era minha, era minha e daquele homem que morreu. Aquela pessoa parada á minha frente nada mais tinha a ver comigo ou com minha dor, ou com o amor que um dia senti.
Quando fui embora, percebi que ele não fez nada por que ele não estava ali para fazer. Ele não estava ali para me segurar e pedir que eu ficasse, ele não estava ali para me tomar de volta. Ele não estava ali por mim. Ele também estava buscando alguém ou algo que já estava morto dentro de mim. Nós dois não tinhamos mais nada á salvar, queriamos apenas ter a certeza que aquilo havia morrido.
Então, finalmente sequei minhas lágrimas, e virei minhas costas.
Entrei naquele avião, e deixei qualquer coisa que houvesse sobrado dentro de mim morrer."
Link2 comments|Leave a comment

navigation
[ viewing | 10 entries back ]
[ go | earlier/later ]